Gilmore Girls pra sempre

Esse sim deveria ter sido um nome adequado pro Revival de Gilmore Girls. Pelo menos seria o nome que eu daria se pudesse, levando em consideração, é claro, tudo que a série representou na minha adolescência/vida.

Desde que fizeram o primeiro anúncio sobre a volta da série, eu tinha certeza plena que Amy Sherman-Palladino e Dan Palladino jamais decepcionariam. E eu não poderia ter sido mais certeira nas minhas apostas. Todas as críticas positivas que tive contato até agora foram muito verdadeiras. Apesar de ser muito suspeita pra falar, posso afirmar com todas as letras que ficou tudo perfeito e totalmente condizente com o clima de Gilmore Girls.

Quando acabei de ver os 4 episódios, Winter, Spring, Summer e Fall, tinha uma poça de lágrimas aos meus pés, porque não consegui conter a emoção de estar em Stars Hollow novamente tomando café junto com Lorelai e Rory. Lauren Graham e Alexis Bledel, por sinal, estavam maravilhosas e conseguiram trazer os personagens de volta com a mais fiel das atuações. Eu não via a hora de ver aquelas duas no mundo atual, em contato com a tecnologia, cheias de novas referências pra jogar em nossas caras a cada 5 segundos.

Até agora não consigo acreditar que isso aconteceu e já devo ter parado pra encarar a tela do meu notebook umas 100 vezes, somente enquanto tento achar palavras pra descrever a perfeição que foi esse revival do Netflix. Definitivamente superou e muito todas as expectativas que eu tinha com relação a continuação da história e me tirou todas as dúvidas relacionadas aos personagens e em como eles conseguiriam se encaixar nessa nova fase do seriado. Tudo aconteceu da forma que deveria. Não teria mudado nada. Foi realmente um presente para os fãs da série, que assim como eu, aguardaram ansiosamente por esse momento/ desfecho digno.

Meus episódios favoritos foram Spring e Fall com toda certeza e os melhores momentos? Não sei nem como listar aqui. Sempre que Emily Gilmore aparecia era um show a parte e Paris? Dá pra ser ainda mais fã dela? Como foi maravilhoso entrar em contato com todos os medos de Lorelai e ver a mulher incrível que Rory se tornou. Gritei ao rever a placa de “No cell phones” no Luke’s e fiquei ainda mais emocionada quando ele apareceu na cozinha da Lorelai.  Muito do que você esperava que iria acontecer com Logan, Dean ou Jess nesse revival (team Jess here by the way) não aconteceu e eu simplesmente amei a forma como eles participaram do enredo junto com Rory.

Também consegui entender perfeitamente toda a campanha que rolou pelas mídias pra que as pessoas não divulgassem as últimas palavras ditas no final. É realmente de explodir cabecinhas e deixar todo mundo desmaiado com o queixo no chão. Minha reação por exemplo foi de correr a sala inteira da casa gritando e sim, tenho reações exageradas na maioria das vezes, quem me conhece sabe. Na verdade, nesse exato momento, 1 hora depois de ter terminado a  maratona Gilmore Girls – A Year in the Life, só de lembrar do último episódio fico com os olhos cheios de lágrimas.

Provavelmente eu vá fazer atualizações nesse post quando minha cabeça esfriar hhahaha, mas pra quem ainda não adentrou no estilo de vida que é ser uma Gilmore Girl de carteirinha, a única coisa que tenho a dizer é: Pare de perder tempo e vá tirar seu certificado de fã n1. Prometo que você não vai se arrepender. Até a próxima!

Eu também!

 

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Pinterest

Leia também...

2 Comentários

  1. SIM, Gilmore Girls pra sempre seria um nome perfeito ♥ é o segundo post que leio sobre esse revival hoje e tô até emocionada de novo, HAHAHA além de já star com saudade das gilmores ♥ foi maravilhoso, cara! Como você disse, superou todas expectativas e não faria nada de diferente, o que eu queria agora é uma CONTINUAÇÃO. PQ, NÉ????? ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *